Assembleia Geral da A.E.F.A. - 26 de Setembro de 2020

Com a presença de 19 associados e seguindo as regras sanitárias obrigatórias e recomendadas, decorreu no passado dia 26 de Setembro de 2020 a Assembleia Geral Ordinária da Associação de Especialistas da Força Aérea que por força do Coronavírus (Covid 19), e suas medidas preventivas e legais, se realizou fora da nossa Sede, no Salão Polivalente da Paróquia de Mafamude, sito no Largo São Cristóvão, 4430-224 freguesia de Mafamude, V. N. de Gaia, com a seguinte Ordem de Trabalhos:

 

1. Leitura, discussão e aprovação da ata da Assembleia Geral anterior,

2. Apresentação, discussão e aprovação do Relatório e Contas, bem como parecer do Conselho Fiscal, referentes ao exercício do ano 2019,

3. Proclamação a Sócio Honorário de acordo com a proposta da Direção Nacional, do associado efetivo nr. 17, Artur Alves da Silva,

4. Eleição dos Corpos Gerentes para o biénio 2020/2022,

5. Trinta minutos para abordagem e discussão de assuntos de interesse para a nossa Associação.

 

Assembleia Geral

 

No ponto 2 da Ordem de Trabalhos foi dada a palavra ao Presidente da Direção Paulo Castro que explicou o conteúdo do documento, seguindo-se a intervenção do Presidente do Conselho Fiscal José Luís Martins que leu o relatório do Conselho. O Relatório e Contas foi aprovado por unanimidade.

A mesa propôs um voto de louvor à direção na pessoa do presidente Paulo Castro, pela sua exemplaridade e rigor na gestão da AEFA, durante a vigência do mandato que agora termina, tendo o mesmo sido aprovado por unanimidade e aclamação.

Passando ao ponto 3, foi apresentada pelo Presidente da Direção a proposta de sócio honorário ao associado efetivo nr. 17 Artur Alves da Silva e que obteve a unanimidade e aclamação de pé de todos os presentes em sinal de muita consideração e apreço pelo nosso Sócio Honorário Artur Alves da Silva.

Observando o ponto 4, Eleição dos Corpos Gerentes para o biénio 2020/2022, a única lista presente a sufrágio teve a unanimidade dos votos expressos. Procedeu-se de imediato ao Auto de Posse de todos os eleitos em livro próprio para o efeito, pelo que o Presidente cessante e eleito da Mesa da Assembleia Geral, César Oliveira, a todos conferiu a posse e legitimidade para o início das suas funções.

Após conclusão do ponto 5 onde foram abordados alguns assuntos de interesse para a nossa Associação, usou da palavra o novo Presidente da Direção João Carlos Silva que agradeceu na pessoa do presidente Paulo Castro todo o trabalho desenvolvido por todos os elementos da direção cessante na reorganização da estrutura e processos e respectiva afirmação e consolidação, permitindo a reposição da credibilidade e prestígio, interno e externo. Agradecimento extensivo ao relevante trabalho dos Núcleos, estruturas de enorme importância dada a proximidade com os nossos associados e agradecimento aos Sócios que marcando presença ou não nunca o deixaram de ser e de viverem a AEFA, dignificando-a.

Referiu também o sentimento de honra e até orgulho pelo cargo que passará a assumir, nesta Associação com 43 anos de existência, mas, que transporta um historial insubstituível e inolvidável desse que foi, é e será o Especialista da Força Aérea, no entanto, também um sentimento de tristeza e de frustação devido à pandemia que nos assola e que conduz a uma conjuntura que limita enormemente a execução das actividades normais da AEFA.

Agradeceu ainda a disponibilidade de todos para a composição da lista agora eleita e a confiança em si e seus pares depositada.

Referiu ter sido um objectivo claro o de manter a mesma equipa, dando garantias de continuidade a um trabalho bem feito e que importa não estragar, a bem de todos os envolvidos e principalmente dos nossos sócios Especialistas, mantendo o prestígio que os mesmos merecem ter junto da Força Aérea Portuguesa e demais entidades com quem nos relacionamos.

Existindo uma mudança nos representantes dos cargos de Presidente e Presidente-Adjunto foi e será fundamental para estes a manutenção desta coesa equipa onde o relacionamento, as tomadas de decisão e a execução sempre se pautaram por grande alinhamento e proximidade.

Reforçou a total confiança nos dirigentes dos Núcleos, cujo trabalho é crucial junto dos sócios, sendo mesmo um alicerce da AEFA.

Aos Sócios, referiu ser uma preocupação este interregno e o risco que tal pode comportar para a desmobilização dos mesmos em torno da AEFA, mas, referiu que tudo fará para não desmerecer a confiança, afirmando a determinação de darem o melhor pela nossa AEFA.

Reforçando o agradecimento a todos os que compõem os corpos dirigentes, a enorme confiança nos dirigentes dos Núcleos e o enorme apreço e respeito por todos os sócios, afirmou a determinação com que irão servir a AEFA em prol dos nossos sócios Especialistas e na contínua consolidação, divulgação e representação do Especialista da Força Aérea

Viva o Espírito do Especialista

Vivam os Especialistas

Viva a AEFA

 

 

Para conhecimento passamos a apresentar a lista dos atuais Órgãos Sociais para o biénio 2020/2022

 

Informa-se também o organigrama da Direção Nacional para o biénio 2020/2022

 


29 de setembro de 2020


Voltar

  COPYRIGHT © 2020 FAP - DCSI - WEBTEAM