100 TAAS - ENCERRAMENTO DAS COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DA TRAVESSIA AÉREA ATLÂNTICO SUL

Estão encerradas oficialmente as comemorações dos 100 anos da primeira travessia aérea do Atlântico Sul.

Durante um ano, a Força Aérea e a Marinha uniram-se para celebrar o feito protagonizado por Gago Coutinho e Sacadura Cabral, que marcou o ano de 1922.

Na passada sexta-feira, 13 de janeiro, o Museu do Ar (MUSAR), em Sintra, recebeu altas entidades para prestar a última homenagem aos aviadores, numa cerimónia de encerramento de comemorações presidida pelo Presidente da República e Comandante Supremo das Forças Armadas, Marcelo Rebelo de Sousa.

O evento ficou marcado com a apresentação e lançamento da emissão filatélica, alusiva às comemorações, lançado pelos CTT Correios de Portugal, tendo as Altas Entidades presentes carimbado e assinado os sobrescritos.

A cerimónia contou com palavras do Chefe do Estado-Maior da Força Aérea e do Co-Presidente da Comissão Aeronaval dos 100TAAS, tendo os presentes ainda assistido a um vídeo-resumo do ano dedicado às comemorações e à declamação de poemas dedicados a elevar o feito protagonizado pelos dois heróis.

A cerimónia terminou com palavras do Presidente da República e Comandante Supremo das Forças Armadas que evocou Sacadura Cabral e Gago Coutinho, enaltecendo o contributo em prol da elevação de Portugal além fronteiras. Por esse motivo, o Presidente da República agraciou os dois heróis com a Ordem de Camões.

Na cerimónia estiveram presentes a Ministra da Defesa Nacional, Helena Carreiras, o Presidente da Câmara de Sintra, Basílio Horta, o Chefe do Estado-Maior do Exército, General José Nunes da Fonseca, e o Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante Gouveia e Melo.

Recorde-se que em 30 de março de 1922, os aviadores Gago Coutinho e Sacadura Cabral desafiaram a história e, num Fairey IIID Mk. II, deram início à aventura de atravessar, pela primeira vez por via aérea, o Atlântico Sul, como forma de celebrar o Centenário da Independência do Brasil. Depois de alguns percalços pelo caminho, chegavam ao Brasil em 17 de junho de 1922, concluindo com sucesso a aventura.

A Associação de Especialistas da Força Aérea esteve representada pelo Presidente da Direção Nacional, João Carlos Silva.

 

Fonte: www.emfa.pt

 

 


16 de janeiro de 2023


Voltar

  COPYRIGHT © 2023 FAP - DCSI - WEBTEAM