Núcleo de Setúbal comemora aniversário no Museu do Ar

Iniciaram-se no passado dia 27 de abril as Comemorações do 34º aniversário da fundação do Núcleo de Setúbal da Associação de Especialistas da Força Aérea que, como é sabido, foi fundado a 25 de maio de 1985 e foram fundadores os nossos associados Adelino Mósca, João Abreu (que já nos deixou) e Fernando Lopes.

Iniciamos estas comemorações com uma visita ao Museu do Ar, em Sintra, num grupo de vinte associados e alguns familiares, foi um dia bem passado (opinião generalizada). Na visita fomos integrados (a nosso pedido) no grupo de Voluntários da Associação de Especialista da Força Aérea que presta serviço no Museu do Ar e que fazia uma visita aos lugares menos visitados, Palácio, Capela, Aqueduto e Miradouro, e depois o Museu. Foi nossa guia a Capitão Luísa Abreu a quem agradecemos a simpatia e disponibilidade.







O almoço foi servido na messe da Base, o que nos fez recordar tempos passados.

Recordar é viver!


A próxima iniciativa destas comemorações terá lugar no próximo dia 25 de maio, na Base Aérea n.º 6, Montijo, (Casa Branca) do programa consta a visita às Esquadras 501 Bisontes (Hércules C130) e Esquadra 751 de Busca e Salvamento (EH101), que como podem imaginar vai ser mais um dia bem passado.

E para que tudo saia na perfeição precisamos da tua colaboração, inscreve-te com alguma antecedência.

A ementa que será na base dos grelhados, pensamos em "Porco no Espeto", mas precisamos de ter um número mínimo de inscrições como tal necessitamos da vossa participação, que achamos que vamos ter.

 

"Do Marquês ao Berço da Aviação, um voo sem escalas"

Conforme referido anteriormente, existia um grupo de Especialistas de visita aos locais menos visitados e seguramente mais icónicos da nossa Aviação como o Palácio, a Capela, o Aqueduto, Miradouro e a Torre do Relógio.

Tratou-se de uma visita muito especial em que a Direção do Museu do Ar, na pessoa do Senhor Coronel Rui Roque, decidiu prestar homenagem aos voluntários da Associação de Especialistas da Força Aérea que, diariamente, ali prestam um serviço cívico digno dos maiores encómios e continuam a cumprir um sonho que lhes vem desde a meninice.






Conforme as imagens supra, de Especialista para Especialista, de voluntário para ex-voluntários.

As palavras de gratidão por parte do Museu do Ar para com os nossos “voluntários” foram audíveis para a delegação do Núcleo de Setúbal que aproveitou e bem, a boleia para este percurso especial do Museu do Ar ciceroneado pela Capitão Luísa Abreu a quem agradecemos, uma vez mais, toda a simpatia e as palavras sentidas quando se referiu aos nossos.


12 de maio de 2019


Voltar

Artigos Relacionados

  COPYRIGHT © 2019 FAP - DCSI - WEBTEAM